Ipatinga   •   

Notícias

Vamos ampliar a mobilização com os trabalhadores na Sankyu, pois o calote no reajuste salarial continua.

15/01/2015

Nossa pressão fez a Sankyu pagar a PLR devida, mas continua se recusando a pagar o reajuste e reajustar os salários.

A Sankyu viu que a revolta dos trabalhadores só cresce com o calote da empresa no pagamento do que é devido aos trabalhadores e, com medo de uma paralisação, pagou a PLR aprovada na assembleia. Mas, a empresa continua se recusando a pagar o retroativo e a aplicar o reajuste.   Por isso, vamos ampliar a nossa mobilização. Hoje, quinta, e manhã, sexta, às 15h30, vamos realizar uma reunião, no Sindicato para discutir as próximas ações. E já avisamos: a reunião é um espaço dos trabalhadores e não de chefes e arapongas. 

O Sindicato já entrou com as ações jurídicas exigindo o pagamento imediato e multas devido aos prejuízos causados aos trabalhadores. A empresa entrou com uma ação judicial para tentar pressionar o Sindicato a assinar o Acordo com as cláusulas do turno, mas já perdeu a liminar.
O Sindicato já afirmou e nos mantemos firmes: não vamos assinar um Acordo com cláusulas embutidas que não foram votadas pelos trabalhadores e que prejudicam os metalúrgicos, principalmente os que trabalham de turno. Foi com essa prática que a antiga diretoria retirou vários direitos dos trabalhadores. 
E tem mais: além de dar o calote, a Sankyu tem a cara de pau de soltar um comunicado chamando os trabalhadores para uma reunião fora da empresa para tentar com mais um golpe enfiar goela abaixo sua proposta do turno.

 

MUITA ATENÇÃO: QUEM REPRESENTA OS METALÚRGICOS É O SINDICATO E O SINDIPA AGORA É UM INSTRUMENTO LEGÍTIMO DE LUTA E DEFESA DOS TRABALHADORES.
    

O Sindicato protocolou um documento na empresa exigindo que a Sankyu pague o que deve aos trabalhadores e reafirmando que o turno deve ser discutido em reunião específica. A Sankyu em nenhum momento agendou a reunião e, além de tentar impor o turno que quer, desrespeita a organização dos trabalhadores realizando uma reunião para tentar coibir e intimidar os metalúrgicos. 
Por isso muita atenção: não participe da reunião chamada pela empresa, ela é ilegal, mais um golpe da Sankyu, pois quem representa inclusive legalmente os trabalhadores é o Sindicato: qualquer proposta, sobre qualquer tema que diz respeito aos direitos dos trabalhadores, deve ser apresentada ao Sindicato em reunião e o espaço de decisão é a assembleia organizada pelo Sindicato. Desde o ano passado, as assembleias voltaram a ser o espaço onde os metalúrgicos decidem. E só depois da decisão dos trabalhadores que os Acordos Coletivos são assinados. Acabou o tempo em que o Sindicato era a extensão das empresas, o Sindicato desde a nossa posse é dos trabalhadores.
Além do processo contra o calote, vamos entrar com uma ação pelo crime contra a organização dos trabalhadores.

PARTICIPE DA REUNIÃO DIAs 15 e 16/01 ÁS 15h30 NO SINDICATO

  


•  Veja outras informações
SINDIPA - Sindicato dos Metalúrgicos de Ipatinga e Região
Av. Fernando de Noronha, 90 - Bairro Areal - CEP: 35160-350 - Ipatinga / MG
Telefone (31) 3829-6635   /   E-mail: comunicacao@sindipa.org.br