Ipatinga   •   

Notícias

Mais uma vítima das péssimas condições de trabalho impostas pelos patrões

14/09/2015

No dia 12/09, morreu mais trabalhador vítima das péssimas condições de trabalho impostas pelos patrões em todos os setor. 

Paulo César de Jesus Santos, de 33 anos, que trabalhava na obra de expansão do Shopping do Vale do Aço, morreu após cair de uma altura de aproximadamente dez metros ao ser eletrocutado por um cabo de alta tensão.

Como fazem todas as empresas, o shopping tentou culpabilizar o trabalhador pelo acidente afirmando que a causa foi a negligência do mesmo.

Todos os acidentes são de reponsabilidade das empresas que devem, segundo a legislação trabalhista brasileira, fornecer os equipamentos de segurança adequados e criar mecanismos para impedir o trabalho sem a utilização dos mesmos. 

Esse é o segundo acidente fatal registrado na obra de expansão do Shopping Vale do Aço.

O Brasil é o quarto país no mundo em número de mortes e acidentes no trabalho. Só em 2013, foram cerca de 2.800 mortos, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e a Previdência Social.

Apesar disso, os patrões, com a ajuda dos políticos, querem revogar a Norma Regulamentadora Nº 12 do Ministério do Trabalho, que trata de práticas de segurança no manuseio de máquinas e equipamentos por parte dos trabalhadores dentro das empresas. Dessa forma, tentam se desresponsabilizarem da segurança nos locais de trabalho e expõem ainda mais os trabalhadores à acidentes e doenças. 


•  Veja outras informações
SINDIPA - Sindicato dos Metalúrgicos de Ipatinga e Região
Av. Fernando de Noronha, 90 - Bairro Areal - CEP: 35160-350 - Ipatinga / MG
Telefone (31) 3829-6635   /   E-mail: comunicacao@sindipa.org.br