Ipatinga   •   

Notícias

Participe da assembleia da Campanha Salarial USIMINAS e USIMEC e rejeite as propostas de 0%!

15/03/2016

Na primeira audiência do dissídio coletivo, que ocorreu em Belo Horizonte, no dia 08/03, o desembargador responsável pelo processo determinou a realização de assembleia para avaliar as propostas da USIMINAS e USIMEC que continuam sem reajuste salarial, só aumentaram o valor do abono em apenas R$200,00. O Judiciário colocou a realização da assembleia como condição para continuar com o dissídio. 
Por isso, nos dias 15 e 16/03 vamos realizar uma assembleia e é fundamental a participação de todos os trabalhadores e a rejeição da proposta para continuarmos com o processo do dissídio e conseguir avançar. 
Vamos mostrar também para o judiciário que sabemos o valor do nosso trabalho e não requeremos só mais uma merreca no abono. Queremos reajuste salarial!
Nós trabalhamos o ano todo, produzimos todo o lucro da empresa com muito suor e sacrifício e enquanto isso nossos salários estão cada vez mais arrochados. Votar pela REJEIÇÃO é exigir nossos direitos.

Veja as propostas:

USIMINAS
0% de reajustes e abono parcelado:
1º parcela de R$ 2.700,00 - pagamento 5 dias depois do acordo assinado se for aprovado
2º parcela de R$ 1.500,00 – último dia de maio
USIMEC
0% de reajustes e abono parcelado:
1º parcela de R$ 2.700,00 - pagamento 5 dias depois do acordo assinado se for aprovado 
2º parcela de R$ 1.000,00 – último dia de ABRIL

 

Veja as perdas com essa proposta
- As empresas usam o abono para tentar enganar os trabalhadores pois estamos com as contas apertadas. Mas se não tivermos reajuste agora vamos ficar apertados o ano todo, pois, a previsão de inflação para esse ano é de 10%. Ou seja, até a próxima negociação, em novembro desse ano, teríamos uma perda salarial de 20%. 
- Em um ano, sem receber os 10,33%, o trabalhador que recebe R$2.500,00 perderia R$ 3.357,25 só de salário. 
- Desse valor, só de retroativo da data-base (novembro), o trabalhador perderia R$ 1.549,50,  contando com março, para um trabalhador que recebe R$ 2.500,00. 
- Perde-se também no valor das férias, 13º, retorno de férias, FGTS e nos adicionais durante o ano todo. O abono não cobre perda nenhuma, ele não é incorporado ao salário e não entra no cálculo para aposentadoria. 
- O abono cai na conta e o imposto de renda come uma boa parte. Para um trabalhador que ganha R$ 2.500,00 na usina o desconto no abono vai ser de R$ 584,37 de imposto de renda mais R$ 1.012,00 de INSS.

 

PARTICIPE DA ASSEMBLEIA E REJEITE A  PROPOSTA DA USIMINAS QUE NÃO GARANTE REAJUSTE SALARIAL


O SINDIPA tomou todas as medidas para não permitir que a empresa desse o calote no que deve aos trabalhadores. Agora é preciso a participação de todos para seguirmos na luta por aumento salarial. 
Nossa mobilização nos trouxe até aqui e precisamos ficar firmes para continuar avançando. 

 


•  Veja outras informações
SINDIPA - Sindicato dos Metalúrgicos de Ipatinga e Região
Av. Fernando de Noronha, 90 - Bairro Areal - CEP: 35160-350 - Ipatinga / MG
Telefone (31) 3829-6635   /   E-mail: comunicacao@sindipa.org.br