Ipatinga   •   

Notícias

Sindicato e trabalhadores realizam mobilização contra proposta vergonhosa da USIMINAS

18/11/2014

Na manhã de hoje, dia 18/11, os trabalhadores na USIMINAS juntamente com o Sindicato realizaram paralisação em protesto as propostas vergonhosas apresentadas pela empresa na Campanha Salarial.

O Sindicato já rejeitou as propostas porque desrespeitam os trabalhadores. Vamos ampliar a mobilização, pois é assim que avançamos em nossas reivindicações. Veja abaixo as propostas:

 1° Proposta

5% em 01/11/2014
1% em 01/01/2015
Abono de R$ 1.000
Vigência de 2 anos

2° Proposta

5% em 01/11/2014
1,34% em 01/02/2015
Abono de R$ 700
Vigência de 2 anos

 A USIMINAS deveria ter vergonha de colocar uma proposta tão rebaixada no seu jornalzinho, ela NÃO RESPEITA NEM O INPC DO PERÍODO (6,34%) E NEM A DATA BASE QUE É NOVEMBRO. 

E ainda por cima a empresa diz que “valoriza o trabalho da equipe”. Essas propostas realmente demonstram o quanto a USIMINAS valoriza os trabalhadores: NADA.
 Como mostramos em outros Jornais do Sindicato, o grupo USIMINAS está chorando de barriga cheia e tentando esconder seus lucros para não pagar o que deve aos trabalhadores. 
Nos últimos 9 meses, o grupo USIMINAS teve um lucro de R$ 326 milhões. Só na Siderurgia, o lucro bruto aumentou  40% em relação ao ano passado e o lucro operacional foi de R$ 106 milhões, crescimento de 324% na comparação com o ano passado. 
E já que a USIMINAS falou para olharmos para frente: a previsão é de crescimento para o setor siderúrgico, no ano de 2015, segundo o próprio setor. 
Durante os anos em que o Sindicato esteve nas mãos dos pelegos, as empresas se acostumaram a não pagar nem o INPC e na data que queriam, sem respeitar a data base. Na Campanha Salarial do ano passado, isso começou a mudar e, nesse ano, temos que avançar ainda mais nas nossas conquistas.
Por isso, o Sindicato já rejeitou em mesa essas propostas que são uma afronta aos trabalhadores. Como a USIMINAS diz no seu Boletim, quem trabalha na área sabe que apesar das mudanças o ritmo da produção é intenso com as horas extras comendo soltas. A situação está feia é para os metalúrgicos que trabalham mais e recebem menos.

 

FIQUE ATENTO, PARTICIPE DAS ATIVIDADES E MOBILIZAÇÕES CHAMADAS PELO SINDICATO.

SÓ EM LUTA, COM A PARTICIPAÇÃO DE TODOS OS TRABALHADORES, VAMOS AVANÇAR NAS NOSSAS REIVINDICAÇÕES

 

 


•  Veja outras informações
SINDIPA - Sindicato dos Metalúrgicos de Ipatinga e Região
Av. Fernando de Noronha, 90 - Bairro Areal - CEP: 35160-350 - Ipatinga / MG
Telefone (31) 3829-6635   /   E-mail: comunicacao@sindipa.org.br